Foi a 1ª vez que fiz trabalho voluntário. E foi maravilhoso, diz contador de história

Estudante de Letras, Paulo Henrique Oliveira se prepara para ser professor, mas confessa que se sentiu nervoso antes de  enfrentar pela primeira vez uma sala de aula. E foram logo duas: o 6º e o 7º ano do período vespertino da José Cândido de Souza, na Pompeia, em São Paulo. Ele foi contar uma história na sexta-feira, dia  12. 

Também foi a primeira vez que fez algum tipo de trabalho voluntário. No final, a apreensão e o nervosismo deram lugar a um sentimento de completude. “Foi maravilhoso, um momento em que consegui ser eu mesmo”, disse o voluntário.

Ele apresentou aos alunos o livro Ponto de Vista, de Ana Maria Machado, com ilustrações de Ziraldo. “A história se passa no Rio e é sobre a amizade de dois meninos. O texto de Ana Maria é ótimo e, na sala de leitura, pude ir mostrando as ilustrações do Ziraldo, que são lindas”, contou Paulo Henrique.

Na mesma escola, há um pedido que ainda não foi atendido: Acrobacias em Tecido. E há muito mais em escolas de várias cidades do Brasil. Veja aqui como você também pode ajudar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s