Pedido no Quero na Escola vira dia de palestras no teatro municipal de Severínia

Mais de duzentos estudantes, professores e moradores de Severínia, no interior de São Paulo, lotaram o Teatro Municipal da cidade para assistir a três palestras sobre carreiras profissionais no dia 28 de junho. O ponto de partida para o evento foi a inscrição do estudante de Medicina Veterinária da Unesp, Caio Gonçales, ao pedido de um aluno no Quero na Escola.

O voluntário que mora em Rio Preto se sensibilizou porque, além de Severínia ser sua cidade natal para onde ainda costuma voltar nos fins de semana, ele mesmo estudou na Escola Municipal Esmeralda Duarte da Silva durante o ensino fundamental. Quando soube da coincidência, a professora de Artes, Graziele Chianpesan, pensou em chamar outros profissionais que estudaram lá para compartilhar sobre suas profissões. Conseguiu reforço de um profissional de tecnologia da informação e de um procurador de justiça.

O evento foi crescendo e precisou de um espaço maior. Veio a ideia do Teatro. “A diretora nem acreditava que os estudantes iriam sendo fora da escola!”, conta a professora, feliz com o sucesso do evento.

19620498_1904001699858186_3145375563142803826_o.jpg
Teatro Municipal de Severínia lotado para assistir às palestras

A estudante Karoline Cardoso, que assistiu às três palestras, conta ter ficado surpresa com as possibilidades da Medicina Veterinária e se sentiu inspirada após as apresentações:

“Achei importante o fato dos palestrantes terem comentado além de suas carreiras profissionais, alguns fatos de suas vidas pessoais, como ter conseguido alcançar uma boa profissão, tendo estudado em escola pública, o que muita gente acredita que seja impossível”.

Caio conta que viveu diferentes emoções no palco. “Não sei descrever a experiência que tive, um orgulho de voltar ao lugar que ajudou a construir o cidadão que sou hoje, poder passar para os alunos o que aprendi na universidade, mostrar para eles as inúmeras áreas que o médico veterinário pode atuar”. Ele tirou dúvidas em relação as disciplinas da faculdade e falou sobre bem estar animal e como lidar com os bichos. “Foi tudo muito gratificante!”.

Quer ver os outros pedidos que ainda esperam voluntários na EMEF Esmeralda Duarte da Silva? É só entrar na página da escola no site e ver no que pode ajudar.

O Quero na Escola é para o estudante dizer o que mais gostaria de aprender na escola além do grade curricular. Os pedidos ficam a disposição de voluntários que podem querer compartilhar conhecimento sobre aquele assunto. Veja exemplos no site.

Estudante da UFScar conversa sobre cotidiano universitário em escola de São Carlos

A estudante do Ensino Médio da Escola Estadual Adail Malmegrim, Larissa Rilary, queria saber o que esperar da próxima etapa da vida. Pediu no Quero na Escola que alguém falassem sobre sobre o cotidiano e os métodos de ingresso nas universidades.

Guilherme está no último ano do curso de de Engenharia de Materias na Universidade Federal de São Carlos (UfsCar), uma das universidades mais renomadas do país e se voluntariou para a conversa. “Ele explicou sobre o ENEM e alguns vestibulares e também disse como funciona o dia a dia na faculdade”, conta Larissa, “também contou um pouco sobre a possibilidade de intercâmbio

Depois da atividade, o futuro engenheiro saiu animado e incentivou que mais pessoas se engajem no projeto:

Captura de Tela 2017-04-18 às 12.07.23

E a Larissa já aproveitou a ocasião para fazer outro pedido: a turma dela está produzindo um documentário sobre a região em que moram e gostariam de alguém para dar dicas de audiovisual. Conhece alguém que poderia ajudar? Veja os pedidos da escola aqui.

É aluno da rede pública e quer algo diferente em sua escola? É só pedir no www.queronaescola.com.br.