Estudante de Astronomia dá palestra em escola pública de Diadema

Você já deve ter ouvido falar que o Sol vai acabar daqui alguns milhares de anos, né? Também deve ter acompanhado quando Plutão perdeu sua categoria de planeta. Atendendo ao pedido do aluno Aderson Silva no Quero na Escola, a Escola Estadual Anecondes Alves Ferreira recebeu o Lucas Moda, estudante de Astronomia na USP, para falar dessas e outras questões curiosas.

Lucas desmistificou algumas ideias em torno dos astros. “Sei que é sem graça, mas a maior parte do Universo não tem nada”, disse logo no início. “Mas como não é muito legal ficar falando sobre nada, vou falar sobre o que existe”, continuou, e aproveitou para deixar clara a diferença entre Astronomia e Astrologia. Para ele, a crença que os astros definiriam características e comportamentos não é apoiada em nenhum estudo científico.

palestraastronomia

Ele seguiu com outras curiosidades, explicando como surgem e morrem as estrelas, por exemplo. “Sem querer desanimar, gente, mas as estrelas são, basicamente, um acúmulo de gases”, conta. Os alunos também aprenderam como se dá o ciclo de vida dessas estrelas até sua “morte”, fenômeno que justifica a extinção do Sol, sobre a qual ouvimos tanto falar.

São essas “estrelas mortas” que dão origem a outro conhecido fenômeno: o buraco negro. “Neles a gravidade é tão alta que supera a velocidade da luz, por isso são chamados assim”, ele explica. A palestra passou de maneira superficial por diversos outros conceitos e termos da Astronomia, dando referências para aqueles que se interessam pesquisar mais sobre o assunto.

Como é o caso do Aderson: “Gostei da experiência. Não vou cursar a área porque não tenho habilidade em Matemática, mas sempre gostei de Astronomia”. Ele conta que escolheu seguir a área da Neurociência e que fez o pedido pensando mais nos colegas que em si mesmo: “Pedi para eles conhecerem mesmo. É algo popular, mas ninguém conhece nada. Todo mundo conhece uma estrela, mas ninguém sabe o que É uma estrela”.

img_5928

O professor de Matemática Rodrigo Mioto também acompanhou a palestra e se esforçou para conseguir um microfone para facilitar a palestra. “Foi uma pena que precisei sair algumas vezes para arrumar isso, porque eu gosto muito de Astronomia, gostaria de ter mais tempo para estudar o tema”.

Para Lucas, a experiência também foi enriquecedora: “Quis ir para me desafiar, quebrar alguns preconceitos e paradigmas que a gente cria vivendo na bolha da sociedade elitista padrão”, ele conta, reconhecendo o privilégio de estudar em uma faculdade pública renomada. “Acho que a gente sempre tem que acreditar, enquanto tiver alguma coisa que você possa fazer, alguma semente que consiga plantar, tudo é válido”, e completa dizendo que está a postos caso chegue mais pedidos sobre o tema.

A Escola Estadual Anecondes Alves Ferreira já recebeu diversas atividades do Quero na Escola, principalmente ligadas ao tema dos direitos humanos, a próxima será sobre Feminismo. Para ver todos os pedidos da escola, clique aqui, pode ser que você consiga atender algum.

É estudante de escola pública e quer pedir algo diferente para sua escola? É só se cadastrar no www.queronaescola.com.br.

Texto e fotos: Sabrina Coutinho

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s