Especialistas em Recursos Humanos vão à escola falar de como procurar emprego

Especialista em ajudar empresas a potencializar sua seleção de pessoas, Denise Maia, atuou em outra ponta nesta semana. Como voluntária do Quero na Escola, foi a Escola Estadual Residencial Jardim Bambi, em Guarulhos, ensinar jovens a dar os primeiros passos rumo na busca de vagas.

O pedido, assim como outros de Orientação Vocacional e Profissões específicas, estão em alta no site. A Escola Estadual Residencial Jardim Bambi, foi inclusive a que estrelou a matéria sobre o projeto no programa Como Será?.

“O LinkedIn é uma ferramenta legal para eles, mas eles nunca tinham ouvido falar. Foi muito legal porque é um mundo novo, mostrei o perfil que criei para o meu sobrinho, da idade deles que nunca trabalhou e pesquisei algumas empresas de Guarulhos para eles verem como encontrar as vagas”, conta Denise, que é especialista na plataforma. Ela deixou um desafio: “vocês vão criar um perfil desse jeito que mostrei e se conectar com ao menos 10 pessoas, uma delas pode ser eu. Daqui um tempo eu volto aqui e podemos fazer algo mais mão na massa a partir disso”.

O Edgard Jardel, estudante do segundo ano do Ensino Médio, autor do pedido no site, já começou a cumprir o combinado: “Criei um cadastro, e pra minha surpresa já tenho algumas conexões. Explorei o app e achei muito interessante e útil, sem contar que achei muitos amigos e conhecidos meus que já utilizavam.”

19396844_1376915932397722_5880648788622999863_n
Voluntários com estudante Edgard Jardel, que fez o pedido para sua escola

Onde você se vê daqui a dois anos?

Além de falar do currículo, também foi abordada a questão da tão temida entrevista de emprego. Denise contou com a ajuda de seu amigo e advogado, José Barreto, para explicar o que espera o empregador nesse momento e mostrar algumas perguntas frequentes.

“Uma das meninas que assistia se destacou. Explicamos que os entrevistadores costumam perguntar: onde você se vê daqui a dois anos? E ela falou para o José: me vejo trabalhando na sua empresa! Depois da palestra ela até veio falar com a gente se tinha vaga de jovem aprendiz nas empresas em que trabalhamos. Foi muito bacana ver esse interesse e iniciativa!”.

E iniciativa não está faltando nesses jovens. Quando Denise perguntou quem já tinha feito entrevistas, alguns compartilharam e experiência de já estar trabalhando e outros, como Edgard, se mostraram interessados em vagas de Jovem Aprendiz, porém, ainda há dúvidas sobre o funcionamento de programas desse tipo. “Tenho procurado vagas no LinkedIn, até agora não achei nenhuma na minha cidade, mas tenho certeza que não vai demorar muito pra eu achar”, contou Edgard, que também disse ter ficado com diversas dúvidas após sua primeira entrevista para uma vaga desse tipo.

Fica então o chamado: os estudantes estão querendo saber mais sobre como funcionam os programas de Jovem Aprendiz. Trabalha em uma empresa que tem vagas desse tipo ou conhece alguém que entende tudo desse tema? É só se inscrever na página da escola lá no site.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s