Olimpíadas mostram adolescentes com determinação e muito o que dizer

 

Quem nunca ouviu frases como “os adolescentes de hoje são desinteressados”, “eles não sabem o que querem”, ou coisas parecidas? Os Jogos Olímpicos do Rio 2016 demonstraram o oposto: temos atletas ainda adolescentes que são modelo de força de vontade e perseverança. Eles são exemplos de que os jovens podem contribuir de forma positiva para a construção da nossa sociedade.

A ginasta Flávia Saraiva (na foto acima), com 16 anos, conquistou a todos com seu jeito alegre e carismático. Para além da doçura, ela demostrou força até nos momentos difíceis: ela chegou a cair durante uma apresentação nas barras assimétricas, mas voltou e terminou a prova sem se deixar abalar. E mesmo com a pouca idade, se destacou nos Jogos terminando na 5a. colocação na disputa da barra de equilíbrio.

bruna_takahashi_divulgacao CBTM.jpg

A integrante mais nova da delegação brasileira, Bruna Takahashi mal completou 16 anos e foi representar ao país no tênis de mesa. Ela é super dedicada aos treinos já disse em entrevistas que pretende sair do país para ter acesso a melhores oportunidades no esporte – mas que só vai fazer isso depois que terminar o ensino médio.

Modalidade preferida no Quero na Escola

Mesmo para quem não pretende ir às Olimpíadas, a prática de esportes ensina lições que podem ser levadas para a vida toda, como a superação e companheirismo. Aqui no Quero na Escola a mais pedida até hoje tem sido uma modalidade que não é olímpica, mas tem a cara do Brasil: capoeira. Quem puder ajudar com uma aula demonstrativa ou aulas regulares, basta se cadastrar em uma das escolas daqui.

Em um escola em Várzea Grande, Mato Grosso, um grupo de capoeiristas já fez uma apresentação depois do pedido de um dos alunos.

Juventude também ganhou voz na abertura da Rio 2016

Quem brilhou na cerimônia de abertura foi MC Soffia, de apenas 12 anos. Ao se apresentar em um evento transmitido para milhões de pessoas em todo o mundo, Soffia de certa forma deu voz e visibilidade a todas as crianças negras de periferia do Brasil. Assista aqui um vídeo de bastidores de MC Soffia e Karol Conka.  

Discussões sobre o racismo são outro tema pedido com bastante frequência no Quero na Escola. Atualmente temos pedidos de palestras ainda esperando por voluntários em Cascavel (PR) e no Rio de Janeiro (RJ).  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s