Escola na Pompeia não para de receber voluntários

Na última sexta-feira, Fabiana Baracchini de Laurentis passou parte da manhã e da tarde na escola José Cândido Souza, na Pompeia, São Paulo, onde contou histórias para mais de 100 alunos de cinco turmas diferentes. Além dela, a escola já recebeu outras quatro voluntárias de narração e um de truques de mágica pelo Quero na Escola. E, sexta-feira que vem, tem mais!

josecandido_fabianaFabiana no auditório da escola José Cândido de Souza com uma das turmas de alunos
Estudantes de qualquer escola pública podem se inscrever no Quero na Escola e dizer o que gostariam de aprender além do currículo. Interessados em ajudar podem se candidatar pelo site.
“A diretora e a coordenadora me receberam muito bem e acabei fazendo mais oficinas do que estava programado. Foi uma experiência muito legal”, escreveu Fabiana, que escolheu trabalhar um conto que ela mesma escreveu sobre a morte como uma transformação da vida. “Minha ideia é tratar a questão da vida e da morte como um ciclo de transformações naturais e aprendizado, e não como um tabu ou assunto que deva ser evitado”, afirmou.
Quem quiser pode conferir aqui o conto completo; ele fala sobre uma família de animais – um leão, uma girafa, uma pata, um peixe e uma minhoca – que vão mudando de acordo com as intempéries da vida. A escola também tem em aberto um pedido de acrobacia em tecido feito por uma aluna que já teve contato com a arte e não tem mais onde praticar.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s