Profissional de TI fala da área e de inovação tecnológica em escola pública de Itapevi

O Quero na Escola estreou em mais uma escola do município de Itapevi – já são quatro com pedidos na região – com um tema que envolve toda a sociedade, mas principalmente os jovens: tecnologia. A solicitação por uma conversa com um profissional de TI foi feita  por Wender Alves Oliveira, aluno do terceiro ano da Escola Estadual Nacif Amin Chalupe, que pretende seguir carreira na área da computação. “Pedi mesmo para mudar a rotina”, contou.

De fato, a apresentação do voluntário Bruno Abdelnur – formado em Ciência da Computação e desenvolvedor mobile – mudou mesmo a dinâmica das duas turmas de terceiro ano. Em cerca de meia hora, ele traçou um panorama das inovações atuais e dos principais agentes de mudança quando se trata de novas tecnologias: Bill Gates, Steve Jobs e Mark Zuckerberg.

Captura de Tela 2017-05-25 às 19.33.26.png
Bruno falou de algumas das invenções de Elon Musk

Porém, foi o quarto personagem mostrado que mais gerou curiosidade: “E aí, vocês sabem quem é esse cara?”, perguntou o voluntário à turma. “Já que a NASA estava sem dinheiro para fazer viagens, esse cara, o Elon Musk, criou a SpaceX. O sonho dele é morar em Marte”, explicou Bruno sobre a trajetória do famoso engenheiro e inventor, comentando também sobre seus projetos de energia solar e carros autodirigidos.

Para mostrar que a conversa  tinha muito mais de presente do que de futuro, Bruno levou seu óculos de realidade virtual para fazer uma demonstração com os alunos interessados. E, claro, foi um sucesso e uma disputa para ver quem usava primeiro os óculos, que passavam uma simulação do espaço, deixando todos se sentindo como astronautas.

PNXP6508.jpg
Até Cristiana, a coordenadora, quis entrar na brincadeira e ver como funcionavam os óculos.

O lado profissional

Sabendo que o pedido dos alunos era mais voltado ao mercado de trabalho de Tecnologia da Informação, Bruno também levou alguns dados sobre os cursos de formação nesse meio e sobre a carreira. “Acho que o ideal é começar com um curso técnico, que já vai te dar alguns conhecimentos básicos de programação, por exemplo, para começar a trabalhar”, comentou. “Depois, o ideal é fazer uma graduação ou especialização, dependendo da área em que quiser atuar”.

Alguns alunos demonstraram interesse em seguir essa carreira, principalmente na parte da computação ligada à eletrônica. ” Amo eletrônica, solda, componentes e circuitos, essas coisas. Fiz um curso de aprendizagem industrial e assistia algumas aulas do Técnico. Gosto muito da parte física, plaquinhas, celular… acho fascinante”, contou Ingrid Pereira dos Santos, uma das alunas que também fez solicitações  ao Quero na Escola.

—-

Depois da apresentação já surgiram novos pedidos de estudantes da escola, principalmente relacionados a carreiras profissionais: Medicina e Veterinária, por exemplo. Dê uma olhada na página da escola para conhecer todos os pedidos e se inscrever.

Anúncios