Dicas e oportunidades para estudantes neste mês de maio

Já pensou em fazer parte de um time de jovens lideranças? Ou será que você curtiria mais participar de uma mostra audiovisual ou fazer cursos gratuitos? Este mês o “Se liga na dica, estudante!” tem ainda dicas de canais de estudos no Telegram. Confira:

Agentes da cidadania: O programa busca reconhecer e fortalecer jovens lideranças locais por meio de formações, mentorias e realização de ações em cultura política, democracia e cidadania. Eles estão querendo aumentar o time. Mais informações no instagram deles @agentesdacidadania.

1ª MostraDOC juventudes: Dá tempo de pegar o final da Mostra que começou no dia 7 e vai até esta sexta-feira. A @tvdoc.capao criou sua primeira mostra audiovisual voltada a produções de jovens pretes para jovens pretes. A MostraDOC Juventudes é uma mostra de conclusão da Oficina Processos de Criação Audiovisual oferecida pela Tv Doc Capão em parceria com a Oxfam Brasil.

Cursos gratuitos: O @1mioportunidades e o @senai_nacional firmaram parceria que renderá muitas oportunidades para adolescentes e jovens. São mais de 20 cursos totalmente gratuitos e online (EAD). Mais informações em: www.1mio.com.br

Ninguém na Rua é um filme do Gabriela Nogueira, disponível na 1ª MostraDoc Juventudes.

+OPORTUNIDADE

600 VAGAS PARA MENINAS: Projeto Astrominas da USP recebe inscrições de alunas de 14 a 17 anos para imersão on-line em atividades sobre Astronomia, Física, Oceanografia, entre outros temas. As inscrições vão até 7 de junho por meio deste formulário on-line. A previsão é para 600 vagas que serão assim distribuídas: 20% entre estudantes de grupos PPI (pretos, pardos e indígenas), 60% para alunos de escolas públicas (PPI e não PPI) e 20% para escolas privadas (PPI e não PPI). Acesse o Jornal da USP para ver a matéria completa, clicando aqui

Dicas de canais no Telegram para estudar e receber dicas!

Canal Só Português: Redação e literatura para o Enem, vestibulares e concursos públicos. Disponível no link: https://t.me/portugues

Canal Café com Letras: Para quem gostar e quiser saber mais sobre Língua Portuguesa este é o canal perfeito. Disponível no link: https://t.me/cafecomletras

Canal Aprendendo Inglês: Quer receber dicas de Inglês? Acesse: https://t.me/AprendendoIngles

Canal Tudo com Excel: Problemas em usar o Excel: só quem vive sabe. Para aprimorar, aulas e consultoria de Excel neste canal. Disponível no link: https://t.me/tudocomexcel 

Canal Cosmos Astronomia: É apaixonado(a) por Astronomia? Notícias, curiosidades e universo, clicando aqui

Canal Humanas: Do humor à crítica filosófica, o seu canal de humanas no Telegram! Disponível no link: https://t.me/humanas 

Apoio Emocional:

E uma outra oportunidade que você não pode deixar de compartilhar: o Quero na Escola, em parceria com a Fundação SM, está com a segunda edição do projeto Apoio Emocional para educadores da rede pública. Se você conhece algum professor que possa estar precisando, ou mesmo quer dar a ideia do professor pedir para toda sua turma, compartilhe o link de inscrição: queronaescola.com.br/apoioemocional

Livro do Quero na Escola sobre estudantes inspiradores está à venda

Toda a renda da 1ª edição do livro “21 histórias de estudantes que mudaram a escola” será revertida para o Quero na Escola

Você já deve ter ouvido falar em Malala Yousafzai, a jovem que enfrentou o Talibã pelo direito das meninas estudarem, ou em Greta Thumberg, a estudante que se tornou a principal voz contra o aquecimento global, certo? E em Alicy Neres, a cearense que reduziu o abandono escolar na sua escola? Já ouviu falar na história dos chilenos Ayelén Salgado e Víctor Chanfrau? E no sulafricano Nkosi Johnson? Estes são alguns dos personagens famosos e anônimos do livro “21 histórias de estudantes que mudaram a escola”.

A coletânea escrita por Cinthia Rodrigues e Luciana Alvarez, duas das criadoras do Quero na Escola, mostra como a educação não é estática ou algo que só os adultos podem mudar. No Brasil e no mundo, meninas e meninos, ainda em sua formação básica, mudaram algo na escola que afetou a vida deles mesmos e de seus colegas.

As histórias têm ilustrações exclusivas de Fernanda Ozilak, que também fez o projeto gráfico. Toda a renda da primeira edição, que conta com apoio do Instituto Olga Kos e do Instituto Unibanco, será revertida para o Quero na Escola.

Interessados podem adquirir o livro aqui, no site da editora Saíra.

Cada história pode ser lida separadamente e conta com um “saiba mais” com dados sobre o tema que inspirou os estudantes protagonistas. As informações podem ser o ponto de partida para pesquisas sobre os temas, que vão da história dos Tupinambá, povo de uma das personagens, ao perigo das telhas de amianto, que levaram um trio de estudantes portugueses a uma campanha pela troca dos telhados. Ao final, os leitores também são convidados a contar ou planejar suas histórias.