Profissionais ajudarão professores com angústias da pandemia

Sentindo-se responsáveis por crianças e adolescentes e sem conseguir alcançar a todos à distância, os professores precisam de ajuda para lidar e ensinar a lidar com emoções. O Quero na Escola e a Fundação SM lançam hoje o Apoio Emocional: projeto que conectará psicólogos e outros profissionais a educadores que queiram ajuda para si ou seus estudantes.

A fragilidade emocional é apontada como a principal demanda na educação neste momento. Para evitar o contágio por coronavírus milhões de educadores e dezenas de milhões de estudantes tiveram de deixar sua rotina e muitos sofrem com ansiedade, depressão e angústias da distância.

Pelo site do Apoio Emocional educadores se inscrevem para pedir uma escuta pontual ou semanal, uma roda online com os alunos, uma aula sobre como abordar o tema ou o que acharem que precisam.

Psicólogos, psicoterapeutas e outros profissionais que lidam com saúde emocional e queiram contribuir podem se inscrever aqui.

Se no primeiro momento, todos olharam para a saúde, pensando em hospitais e no distanciamento social, agora é o momento de lidar com os traumas em consequência da Covid-19 para a educação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s